Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

Parafraseando a Arte Muda

Olá ... Bonjour :) 

Navegando pelo Facebook eis que encontro um trecho do filme "The Circus" do querido Charles Chaplin, e isso me inspirou a parafrasear a arte muda, o cinema clássico na sua forma mais pura e original. Pois o filme silencioso, parte mais do que uma fase do cinema, constitui a própria linguagem cinematográfica, por excelência. Assim como a música contemporânea não existiria se não houvesse existido a música clássica, o cinema sonoro não existiria se não houvesse existido o cinema mudo. 



Como dizia o saudoso Oscar Niemeyer "A vida é um sopro", um sopro de coisas que não se perdem no tempo, de que expressões bastam para arrancar uma gargalhada, um sopro de vivacidade de que a beleza pode ser a única coisa preciosa na vida, difícil encontrá-la, mas quem consegue descobre tudo. Fecho esta reflexão com uma frase do querido protagonista e inesquecível Charles Chaplin, que encerra o que é arte de verdade, que não é preciso de frases prontas, textos formatad…

Parafraseando pensamentos

BONJOUR:)


Todos nós precisamos de inspiração. E é tão certo que quando estamos parados, ouvindo alguma música, ou até mesmo em silêncio, começamos plugar palavras, frases pelo mais profundo caminhar da imaginação, e então parafraseamos nossos pensamentos por ai. Notavelmente estou assim hoje, fazendo uma "mistureba"  em meu repertório musical, escutando as mais variadas músicas e estilos. Me inspirando em tudo, na verdade eu me inspiro fácil, essa é a graça de ser estudante de arquitetura e urbanismo, o poder, o sentir, o se inspirar, por ai. É como se estivesse sentada em uma mesa de café conversando comigo mesma, de distintos assuntos. Sábado mesmo acompanho pela TV o João Rock 2014, senti um alto astral e minha quarta composição musical viria a caminho. Somos todos poetas de um cotidiano, sem som, sem rima, procurando o nosso tom maior que dê sabor as mais puras notas dessa louca vida. Hoje eu acordei sentindo as cores da vida, pensando nas horas vivas, sentindo o vento ba…