Café Rosa : ACONTECE

Bonjour mon cher...

Acontece entre 26 de Maio à 12 de Julho, mais uma mostra de tudo que rola em ambientes, decoração, paisagismo e muita beleza aos olhos, em um só pacote. Sediada no Jockey Club, São Paulo, na Avenida Lineu de Paula Machado, 1263 - Cidade Jardim, a Casa Cor 2015 traz como temática "Da Brasilidade à Inovação". Brasilidade, menos é melhor, compartilhamento, três conceitos esses que pautam a 29ª edição da Casa Cor, São Paulo. Um deles é o menos é melhor, pois revimos e diminuímos o número de ambientes, procurando investir mais em cada um deles. Outra tendência é o de compartilhar, onde a grande aposta são espaços de convívio, como as pequenas praças e ambientes que permitem trocas de atividades culturais. E por fim a brasilidade, querendo reconhecer o valor de ter uma cultura tão diversa, e encantadora, como é a nossa, conta Lívia Pedreira, diretora superintendente da Unidade de Arquitetura e Design do grupo Abril.

A criação da mostra surgiu quando a brasileira Yolanda Figueiredo e a argentina Angélica Rueda, que durante uma viagem a Buenos Aires, se encontram com seus amigos Javier Campos Malbrán e Ernesto Del Castilho, que fizeram uma proposta de organizar um evento de decoração no Brasil. Casa Cor teve início em 1987, com a realização de sua primeira edição em uma residência, no bairro Jardim Europa, São Paulo. Naquela ocasião, 22 ambientes foram decorados por 25 profissionais e estes visitados por nada menos que 7 mil pessoas. A partir desse fato, CASA COR não parou mais de crescer e se tornou referência nacional e internacional de bom gosto, onde influenciam fornecedores de opinião e agrega valor às marcas das quais se associam. 

Em todas as suas edições, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas, reinventam espaços, com o compromisso de criar um ambiente inovador, atraente, sustentável e de muito bom gosto. 

Estive presente ao evento Terça 02/06/2015, e foi sensacional o que encontrei. Pude prestigiar a 27ª em 2012, e comparando, digo que este ano está simplesmente impecável, imperdível e a maneira com que foi alcançado o resultado com a temática, indescritível... Só Conferindo pra ver. 

Segue algumas fotos minhas, e de amigos que também visitaram os ambientes que estão encantando os olhares desta edição...

Voilá...
Casa cor 2015 - São Paulo 


No conceito: Pensar a Cidade...
"Se essa rua, se essa rua..."

Com a inspiração, e a vontade de trabalhar com a presença da natureza, e do verde integrados à arquitetura urbana e ao desenho das cidades, Benedito Abbud apresenta na Casa Cor o projeto da calçada e entrada principal. Em um percurso interativo, as pessoas são convidadas a vivenciar um espaço, que traz soluções e ideias, para tornar a vida dos grandes centros urbanos, mais saudáveis e aprazíveis. 


“Para cumprir a missão, em conjunto com a Casa Cor, resgatei o conceito da Calçada Viva em uma releitura contemporânea, reuni ideias para garimpar possíveis espaços de convivência junto ao verde em centros urbanos densos como São Paulo e oportunidades em gentilezas urbanas, também escolhi parceiros estratégicos que desenvolveram soluções integradas em tecnologia e infraestrutura verde”, explica Abbud, arquiteto titular do escritório Benedito Abbud – Arquitetura Paisagística.


“Iremos apresentar um conjunto de alternativas viáveis para a criação de cidades projetadas tanto para as pessoas quanto para receber espaços arborizados, sempre em sintonia com as necessidades de acessibilidade, mobilidade, segurança, saúde e lazer dos cidadãos”, completa Felipe Abbud, autor do projeto Calçada e Entrada Principal – Casa Cor São Paulo 2015.


"Se essa rua fosse minha...", tem soluções que facilitam a drenagem e o uso consciente da água, além de bancos ao longo dos 100 m do passeio repaginado que leva à nova entrada da mostra, agora feita pelo bosque do Jockey Club, revitalizado pelo paisagista Gilberto Elkis. Pra alguém apaixonado como eu pela cidade, chegar à amostra de decoração e ao abrir a janela do ônibus e se deparar com tamanha preocupação com a cidade, e resolução da mesma, é indescritível e apaixonante, ainda mais sabendo que inserido na grande metrópole, "cidade de fazer loucos", por sua tamanha agitação, isso é algo sensacional.




A fauna, a flora e o tropical...


Ao chegar no evento seu primeiro passeio é pelo bosque tropical, projetado por Gilberto Elkis.






O tema "O Brasil visto de dentro" está também no uso massivo do design nacional. Nas decorações há peças de nomes consagrados como os irmão Campana, Sergio Rodrigues etc. O elemento que mais se repete nos ambientes é mobiliários, baseados em madeiras "de resgate", toras, raízes e galhos descartados, passam a apoiar e dar forma a mesas, cadeiras e aparadores. Sem contar que a arte brasileira pode ser também vista nas esculturas, pinturas e gravuras de artistas de renomes.
















Além de abordar a brasilidade, a amostra traz o compartilhamento, assim como a proposta de sustentabilidade ao ter espaços com tecnologia 100% LED e materiais inovadores.





Casa Container - Decora Click: Daniel Kalil + Karina Buchalla

Um Brasil de Pau a Pique
De olhos e queixos caídos...


Roberto Migotto, investiu também na flora e na brasilidade, com técnicas centenárias e contemporâneas, design brasileiro, de tons terrosos e obras conceituadas, que chamou seus 300 m² de "BRASIL DE PAU A PIQUE." 




O revestimento de "pau a pique" também aparecem no jardim de inverno e na cozinha. O antigo procedimento remonta aos séculos XVIII e XIX, servindo para que o projeto ganhe força ao resgatar tradições brasileiras.






Outra que sou suspeita pra falar e que esbanjou elegância foi Ana Maria Vieira do Santos com um Haras d´água, que oferece relaxamento dos campos e fazenda.









Entre tantos outros detalhes sensacionais...








E isso foi um pouco do que está rolando na 29° edição da Casa Cor... selecionei alguns detalhes apenas porque são mais de 50 ambientes, e assim o post ficaria muito extenso. Espero que tenham gostado, e seja uma boa fonte de inspiração. Desculpa a falta de nitidez de algumas fotos, pois levei apenas o celular então as fotos não saíram como eu queria, mas está valendo.

Se você não foi visitar ainda há tempo porque está realmente incrível e vale muito a pena.

E viva os apaixonados por arte, arquitetura e decoração como eu !!!!!

Au Revoir...





CAFÉ ROSA|

JULIANA RODRIGUES|

Comentários

Postagens mais visitadas