O gosto das flores

Ah se de ti cada pétala falasse, 
juro que de mim eu te daria 
as cantigas mais coloridas, 
que por ali encontrasse. 
Ah se a cada perfume teu, 
eu sentisse o gosto da memória, 
juro que de ti jamais iria embora. 
Ah se de cada cor eu tivesse um gosto, 
os meus olhos pelo mundo seriam um composto. 
Ah se na tua imensidão eu ficasse,
juro que por mais dias assim, o dia arriscasse. 
E ah se de gostinho em gostinho 
meu coração por ti sentir saudade, 
volta pra mim em forma de amor, 
com sabor de verdade. 

JULIANA RODRIGUES |
Au Revoir...

Comentários

luiz salazar disse…
Que cheiro de do melhor café cor do mundo sagrado
Do coração que pulsa todos os destinos numa maravilhosa canção.
Que honra poeta ;) !!!

Postagens mais visitadas