Pular para o conteúdo principal

Café Rosa "Texto de GARAGEM"

Bonjour mon cher...

Texto de garagem igual bandas, músicas, que saem das garagem de casa, que são do "faça você mesmo", que não tem medo de se jogar e ter uma overdose de felicidade. Então o Café Rosa "Texto de GARAGEM" nada mais é do que isso, um momento jogado em meio a tantos outros assuntos, são textos soltos, aleatórios, pensamentos que fluem por ai... Crônicas? Sei lá... Um tema e um gênero que são só meros detalhes, que o que importa é expressar o que a alma necessita.

Voilá... 

Um inverno aqui...


Ah o tempo mudou. A vida mudou, A cidade mudou. O olhar mudou. Sinto o ar mais frio, sinto um inverno aqui. Sinto mais fome. Menos sede. Mais sono. Mais inspiração? Talvez. Nestes dias frios, cá estou, onde há mais silêncio, mesmo que o dia clareie. É como se a monotonia cotidiana, desse uma trégua à correria e a "barulheira" local, aos latidos dos animais vizinhos, aos comparecimentos de aranhas, baratas, formigas. O olhar é um tanto mais atento. Menos disperso. Mais perspicaz: se sente mais. É poder sentar-se ao sol na calçada, que não irá te queimar e nem fazer você transpirar até dizer chega. Aquece também a alma e te convida a sonhar, a cochilar, a inspirar-se, a acalentar-se, a enamorar-se... São tão doces estes dias frio, que tudo e todos ficam mais recolhidos e menos afoitos. É perceptível reinar um tipo de delicadeza. A delicadeza de se falar mais baixo. De se estar em casa, procurar aconchego. Sair menos às ruas, especialmente à noite. E quando chove? Como hoje fizeste aqui... Um dia junto à janela, ver a chuva cair lá fora a molhar tudo o que um olhar pronto a observar, alcança... A refrescar tão forte e cruel palavra proferida "MALDADE", que alguns fazem à natureza. Quem é que não gosta de um dia de chuva, em conjunto de um tempo um pouco mais fresco, para ficar em baixo do cobertor, na companhia de uma bebida quente e um bom filme na Televisão? Usar meias coloridas "mega" compridas, que cobrem todos os dedos em seus formatos? Pensar na vida em um dia de inverno é muito mais do que um equinócio gelado em 365 dias... Daí a mais inspiradora e elegante estação do ano. Andamos mais devagar, sempre que possível. Talvez seja para armazenar mais calor, e isto proporciona um prolongamento nos passeios e conversas jogadas. Dá aquela vontade de arrebentar uma pipoca e tomar um chocolate quente, de beber mais chá ou café, de assar bolo e pão, fritar bolinho de chuva, ficar mais juntos, transmitir e receber calor humano, conversar. Ah e abraçar o cobertor que ficou quente, na janela fechada (que delícia!), e aproveitar aquele trecho da cama (ou então de qualquer outro lugar), onde o sol pega à tarde, e sentar ali com o seu melhor livro, esquentar os pés nas botinhas esquecidas no fundo do armário, se "largatixar"... Tão simples  e bonito quando tudo fica frio... quando tem um inverno aqui. 


CAFÉ ROSA |

JULIANA RODRIGUES |


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#Desabafo: Estamos ficando com preguiça de "socializar"

Bonjour mon cher's...


O quanto do que acontece a nossa volta nós perdemos por estarmos com os olhos grudados nas telinhas dos smartphones?  Quantos livros você leu nesses últimos 30 dias? Quantas vezes você pegou um jornal para foleá-lo? Quanto seu dia foi produtivo? Quantos cálculos seu cérebro fez hoje?
É com esses questionamentos que começo o papo de café de hoje. Já parou pra pensar o quanto de tempo perdemos digitando nossos desabafos, inquietações e alegrias, publicamente? Ou ainda expor de que jeito estamos no dia? Ou então perceber o quanto estamos conectados e não conseguimos sequer ler por horas aquele livro favorito, mas ainda assim ficar "abitolado" em uma telinha de 5,5", lendo bobagens atualizadas de 5 em 5 segundos. 
Essa facilidade e acessibilidade à tecnologia, nos transformou em verdadeiros "robozinhos", que tem sua vida controlada por uma mini-tela na palma da mão. A ideia de poder fazer tudo por um aparelhinho, é realmente incrível e fantástic…

Os 10 cafés mais belos do mundo

Olá!

Continuando o assunto café, ai vai uma lista de acordo com o UCityGuides, dos cafés mais bonitos do mundo... então vamos lá!
Hungria - Budapeste New York - Café


O Hotel "New York Palace" de que faz parte o café de Nova York, foi construído em estilo eclético entre os anos 1891 e 1895. E o café New York se encontra no andar térreo daquele hotel, que hoje pertence e leva o nome do grupo internacional Boscolo. O café todavia já mantém sua lendária denominação, sendo por sinal um ponto de passagem obrigatória na cidade. Uma lenda viva que no início do séc. XX atraía a elite cultural da cidade. 

Alfred Eisenstaedt - Kiss in Times Square - 1945  (Beijo na Times Square) - Uma representação da Elite andante do séc. XX
O exterior do café está adornado com estátuas de bronze, enquanto, o seu interior impressiona já em seu pé direito todo monumental, com seus frescos elegantes e candelabros como elementos decorativos de iluminação. Já as linhas modernas das mesas e sofás são parte de …

OMG, I'm So Retrô

Bonjour mon cher...
Ah quanto tempo não me inspirava de postagens, filmes, videos, fotos, músicas etc... Mas hoje dia após feriado, em casa (uma folga da correria enfim da "arquitortura"), abro o spotify como de costume para escutar músicas, e o aplicativo me sugere uma playlist, cujo nome um tanto inspirativo "JUNKEBOX BURGUER", sim daquelas lanchonetes retrôs décadas 30,40,50,60, onde se tinha uma caixa "gigante" de fazer música, mobiliários da época, e ali se fazia o point da juventude. E começo escutar Elvis Presley, Chuck Berry, Roy Orbison, Ritchie Valens... E a cena começa vir na cabeça, vestidos, estampas, mocassins, suspensórios, óculos aviadores, as Kombis coloridas, os "possantes" dos meninos pra impressionar as meninas, laquês nos topetes, sorvetes coloridos, entre tantas cenas que meu coração adoraria ter vivido. É essa foi uma boa fonte de inspiração, mas se não bastasse músicas, ontem quinta, (04/06/2015) assisti a dois vídeos de …