Estranho


Estranho é, ter inspiração
mas não conseguir tirar os pés do chão.
Estranho é, colocar as falas 
e ainda assim perder as rimas.
Estranho é, ter liberdade
de dizer, e sentir medo
de enlouquecer.
Estranho é, conseguir gritar
mas se esquecer de se olhar.
Estranho é, aflorar tudo no peito
e não ter coragem de encarar a 
vastidão com jeito. 
Estranho é, mergulhar em 
barrancos, e não querer conhecer 
folclores insanos.
Estranho ainda é, descansar-se todo
brando e acordar sempre sonhando. 

Juliana Rodrigues

Estranho é querer falar tudo e não querer dizer nada ... De uma mente em devaneio, eis uma estranha "falta" de inspiração. 

CAFÉROSA

Comentários

Gil162 disse…
Muito interessante, gostei. :)

Postagens mais visitadas