E quando...


E quando dizeres das flores, que o néctar que cai, é dos amores... que ali passaram, que aqui deixaram... não se esqueça de florescer, não se esqueça de me conhecer. E quando daqui sentir saudades, das tardes lúcidas, das vezes poucas, lembre-se de sorrir, que pro teu aconchego eu irei partir. E quando em nós só ficar... o cheiro, os momentos, ainda assim vou te fazer lembrar de que é de você que eu quero ser sim.

CAFÉ ROSA
JULIANA RODRIGUES

Comentários

Postagens mais visitadas